Defesa

20% de Pax Haitiana

blog19AManter a paz é função sem fim. Logo, a ONU decidiu hoje manter as tropas no Haiti. Com a renovação do mandato, “nossos rapazes” completarão 10 anos à frente do que já é a maior ação militar brasileira no exterior desde a Segunda Guerra Mundial. A menos que se revogue a inércia das leis da Física, a paz não chegará ao Haiti. Como, de resto, nunca chega a lugar nenhum do mundo. Daí o caráter inevitavelmente político da decisão de militarizar o Haiti e não o quarteirão da ONU em Nova Iorque.

Afinal, quantos por cento de paz seria o bastante para justificar a saída das tropas? 20%? Essa foi a redução do contingente militar a partir da Resolução 2119/2013 – de 6.233 para 5.021. Na mão contrária, a polícia cresce. Passa de 2.457 para 2.601. É o “step down”, a preparação gerúndica do “já vou, já estou saindo”.

Participar da questão haitiana no Haiti revela – além do humanitário – ambições de protagonismo político, relevância e outros sonhos de grandeza do Brasil. Cuidar dos haitianos no interior do Acre, em Brasileira, revela o que? Não sei. Mas não cuidar revela muito sobre a real intenção de mover essa massa de homens, máquinas, armas e argumentos daqui para o Caribe por uma década inteira.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s