Uncategorized

#MarParaBolivia

EvoA Bolívia chora hoje seu 136º aniversário sem mar. A água do Pacífico não secou. O acesso soberano dos bolivianos à costa é que foi fechado na Guerra do Pacífico (1879-1884) pelo Chile, que permanece assim cobrando meia entrada dos vizinhos até os dias de hoje. Para voltar à praia, o presidente Evo Morales redobrou a ofensiva num ato público seguido de campanha na internet, à qual o Brasil dá pouco ouvido.

Nos últimos 10 anos, a pacífica América Latina teve de administrar uns dez conflitos de interesse territorial, sobre os quais pouco se fala. A Nicarágua briga com a Honduras, a Costa Rica e a Colômbia, que, por sua vez, briga com o Equador e a Venezuela, cujas pendências com a Guiana preocupam tanto quanto as desavenças entre Peru, Chile e Bolívia, ou entre Guiana e Suriname, assim como a Argentina mantém sempre latente a disputa com a Grã-Bretanha pelas Malvinas.

O gigante Brasil assinou seu último tratado importante sobre disputas territoriais em 1909. De lá pra cá, pouco fez para dirimir a confusão entre os vizinhos. Chile e Bolívia aguardam decisão da Corte de Haia sobre a disputa.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s