Quase Humor

Acuado, Cunha apela à Porcíuncula

Acuado pela denúncia de envolvimento num escândalo milionário de pagamento de propina para favorecimento de empreiteiras no caso Lava Jato, ameaçado de deposição do cargo, acuado pelas lideranças do próprio partido e na iminência de ter seu caso avaliado pela mais alta corte do País, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dedicou a manhã de hoje a homenagear Porciúncula.

Captura de Tela 2015-08-21 às 12.11.44

O nome da cidade de apenas 18 mil habitantes é sinônimo de “porção minúscula”, de acordo com o Houaiss. A lembrança do pequeno município fluminense nas redes sociais do deputado é adornada por uma sequência de posts ao longo dos dias nos quais Cunha deseja “benção em abundância” aos internautas, acompanhada de fotos de horizontes montanhosos, nuvens e outros ícones da auto-ajuda.

No post em homenagem a Porcíuncula, Cunha crava o hashtag “o povo merece respeito”.

Anúncios
Padrão
Quase Humor

PT entulha propaganda na TV com chuva de numeralha

PTNa pior crise desde a sua fundação, o PT levou ao ar hoje uma peça publicitária de 10 minutos na qual 31% do tempo foi ocupado com a declamação de uma lista sequencial de 26 cifrões lidos por um narrador em off, em mantra monocórdio, enquanto na tela se sucediam mais de 20 slides apresentando números quebrados, como R$ 1,066 trilhões, e zeros depois da vírgula, como 4,0%. A sequência, que também misturou valores em dólares e em reais, ocupou ao todo 3 minutos e 6 segundos, o que equivale a quase um terço da propaganda inteira, numa média de 2,6 cifras declamadas por minuto. O bombardeiro numérico contradiz as regras mais elementares da comunicação em rádio e TV e contribuiu para aumentar a percepção de que a confusão domina o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, ameaçada por mais de 10 pedidos de impeachment analisados pelo Congresso. Continuar lendo

Padrão
Quase Humor

Sacando corruptos num voo para Brasília

Corrupto1Entre Lava Jato e Zelotes, há uns R$ 20 bilhões em grana corrupta voando pelo Brasil. Parte dela foi carregada em espécie por senhores de terno como os que estavam ao meu lado no JJ 3700 no mês de março.

Quando você vai a Brasília, a desconfiança recai sobre um tipo de malandro diferente do preto-pobre que tanto fascina a polícia.

Ainda no táxi, a caminho de Congonhas, li na Folha que mulas foram vistas voando pelos céus do Brasil carregando consigo maços de dinheiro embalados em plástico zap. Mulas são pessoas pagas por traficantes para levar drogas de um país a outro, dentro do próprio estômago, separada em pequenas cápsulas. No caso das mulas empresárias, o dinheiro da corrupção aparecia amarrado a pernas peludas e a dorsos masculinos providos de tetas, fazendo a ponte aérea da corrupção. Continuar lendo

Padrão
Quase Humor

‘O que ela tem que eu não tenho?’

blog12A‘O que que ela tem que eu não tenho?’, deve ter se perguntado a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, hoje, na cerimônia de posse da colega chilena Michelle Bachelet, em Valparaiso. Bachelet terminou seu primeiro mandato com um nível de aprovação igual ao de Lula, coisa com a qual Dilma não ousa sonhar. Enquanto a médica chilena é uma tiazona carinhosa e acolhedora, Dilma desfila durante 24 horas com a delicadeza de uma motorista de empilhadeira com o câmbio travado na primeira marcha.

Olhando para trás, Bachelet tinha tudo e mais um pouco para amarrar a cara como Dilma. Se a brasileira foi torturada, a chilena também foi – mais do que isso, Bachelet foi torturada junto da mãe na Villa Grimaldi, um dos campos de tortura e morte mais horrorosos de que se tem notícia no mundo. Além disso, perdeu o pai, morto pela ditadura do general Augusto Pinochet. No campeonato do rancor, a chilena levaria larga vantagem. A diferença entre as duas não está no passado, mas no futuro. Continuar lendo

Padrão
Quase Humor

Uruguaianas

blog20São Paulo transporta todos os dias, da Zona Leste para o Centro, o equivalente a toda a população do Uruguai. O número de pequenos e médios empreendedores paulistas na ilegalidade também é o equivalente a toda a população do Uruguai – e poderia, por conseguinte, ser trasladada quase confortavelmente de metrô e ônibus por aqui. Caso preferisse se mobilizar em carros privados pela cidade de São Paulo, a população inteira do Uruguai teria à sua disposição dois automóveis privados por pessoa. Também em dobro para a população do Uruguai, seria a oferta de crack em São Paulo, assim como o número de estudantes atendidos pelo Governo do Estado de São Paulo, que é o dobro da população do Uruguai, e o número de crianças abandonadas, que excede em duas vezes a população do Uruguai. A Espanha já tem três Uruguais vivendo na miséria, mas o Programa Brasil Sem Miséria vai retirar o equivalente a cinco vezes a população do Uruguai dessa situação – não na Espanha, mas aqui mesmo, no Brasil, cujo território abriga 40 Uruguais. Agora, quando estiver cansada, a população do Uruguai já tem onde descansar – nossa Previdência Social têm capacidade para atender até seis vezes a população do Uruguai, embora atenda muito mal a população do Brasil.

Padrão